Festival Remaster, Clássicos do Cinema Brasileiro

Travel  /  01-11-2018

Festival Remaster, Clássicos do Cinema Brasileiro

A primeira edição do Festival Remaster, Clássicos do Cinema Brasileiro, uma parceria entre o Canal Brasil e a Globo Filmes, chega às telas em todo país com estreias de versões remasterizadas de filmes icônicos da sétima arte.
O evento traz a oportunidade única de conhecer ou reassistir aos clássicos nas telonas, em uma tentativa de valorizar a memória e a história do cinema brasileiro. Serão oito salas em São Paulo, Curitiba, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Salvador e Vitória.
Alexandre Rocha, um dos realizadores do Remaster, explica: "Preservação, acervo, memória e cultura brasileira. Uma discussão sobre a vasta qualidade do cinema nacional a partir da apresentação de diversos títulos agora remasterizados com qualidade digital e de volta às salas espalhadas pelo Brasil. Uma homenagem aos cineastas brasileiros em toda a força de sua vitalidade original. ”

Um dos produtores, Marcelo Pedrazzi, reforça a importância do evento, uma vez que os longas selecionados para exibição servem de referência para as gerações seguintes de cineastas. “O processo de poder termos, de volta aos cinemas, filmes que marcaram época e que nos contam muito de nossa história é fundamental e tem que ser contínuo. Esse é um movimento que deveria ser mundial, pois não podemos perder nossa memória. Em 2018, iniciamos uma nova onda com o Festival Remaster, que é apenas o começo, e que representa um projeto bem mais amplo"

PROGRAMAÇÃO

01 de novembro – 17h00 – Stelinha
01 de novembro – 19h15 – Assalto ao trem pagador
02 de novembro – 16h45 – O homem da capa preta
02 de novembro – 19h00 - Bar esperança
03 de novembro – 17h00 – Vidas secas
03 de novembro – 19h00 – Stelinha
04 de novembro – 16h50 – Bar esperança
04 de novembro – 19h05 – O homem da capa preta
05 de novembro – 17h00 – Os doces bárbaros
05 de novembro – 19h00 – Assalto ao trem pagador
06 de novembro – 16h55 – Stelinha
06 de novembro – 19h05 – Os doces bárbaros
07 de novembro – 17h00 – Vidas secas
07 de novembro – 19h00 – Bar esperança